04 de maio de 2017

Mitos e verdades sobre o óleo de coco

Usar diariamente produtos para cabelos é uma forma de manter a saúde dos fios, que precisam ser nutridos de acordo com as necessidades de cada um. Atualmente, a moda dos produtos naturais nos cuidados com a beleza colocou uma certa substância no topo da lista de compras de milhões de pessoas mundo afora. Verdadeira febre entre o público feminino, o óleo de coco é o queridinho da vez.

Óleo de Coco - Saiba os mitos e verdades.

Leia também: Conheça algumas linhas da L’Oréal Profissionnel

Famosas como Angelina Jolie e Gisele Bündchen adotaram o produto tanto na alimentação quanto nos cuidados diários com o corpo. Quem não gostaria de ter a pele de Angelina? Celebridades da internet também ajudaram a tornar o produto conhecido e altamente cobiçado pela mulherada.

No entanto, muitos ainda têm dúvidas a respeito da eficiência desse milagroso composto para hidratar o cabelo: o que é verdade e o que é falso quando o assunto é óleo de coco? Afinal, é preciso saber o que especialistas têm a dizer sobre o produto e em até que ponto ele é eficiente ou não. Confira a seleção de perguntas mais comuns sobre esse produto natural.

O óleo de coco aumenta a oleosidade dos cabelos?

O segredo para o produto não pesar na pele e nos cabelos é removê-lo sempre após a aplicação. É preciso deixar o óleo agir por alguns minutos e utilizar um algodão ou esponja para tirar o excesso. Todos os tipos de pele e cabelos recebem bem o produto e basta remover os resíduos para impedir aumento da oleosidade. Na realidade, o produto é como qualquer hidratante: se houver excesso, haverá aumento de produção de óleo.

O produto é o melhor hidratante para cabelos que existe?

O óleo de coco é excelente para os fios, porém, não deve ser utilizado sozinho. Especialistas recomendam usá-lo com produtos para cabelos, como máscaras de hidratação.  A proporção ideal é de uma colher de óleo para duas de máscara capilar. Aplique em mecha por mecha até conseguir uma cobertura homogênea e deixe agir por vinte minutos. Em seguida, enxágue bem com água fria para remover os resíduos dos fios.

O efeito só é percebido quando há a combinação de tratamentos, o natural e o convencional.  Jamais aplique o produto na raiz do cabelo: espalhe pelos fios de acordo com a necessidade de hidratação.

Posso usar óleo mineral misturado com coco para hidratar meu cabelo?

O ideal é dar preferência sempre a produtos 100% naturais, que garantem todos os benefícios nutritivos do coco (o composto é rico em vitamina E e ácidos graxos). Leia com atenção o rótulo e certifique-se que não se trata de um produto à base de óleo mineral misturado com coco, e sim um óleo orgânico de coco. Além de mais eficiente e nutritivo, o óleo de coco penetra rapidamente nos fios e conferem uma hidratação profunda e duradoura.

O uso do óleo de coco é indicado somente para depois do shampoo?

Na maioria das vezes, é preciso misturar o óleo com condicionador para obter um melhor resultado. Porém, quem tem cabelos mistos deve utilizá-lo antes do shampoo. Sendo assim, aplique o óleo nos fios ainda secos e deixe agir por 30 minutos. Depois é só realizar a lavagem normalmente com produtos para cabelos e pronto!

Como vocês podem ver, o óleo de coco tem vários benefícios tanto na alimentação, quanto nos cuidados dos fios. E aí, gostaram das dicas?

0 comentários

Deixe seu comentário